SANTARÉM: aeroporto deve ser vendido por leilão no governo Bolsonaro

Leilão previsto para 2022 – Aeroporto Maestro Wilson Fonseca

No primeiro trimestre de 2022, segundo agenda de leilões do governo Bolsonaro, o Aeroporto de Santarém  [Maestro Wilson Fonseca], será leiloada para uma concessão de 30 anos.

Conforme aponta o Blog Zé Dudu, os prazos dos leilões, foram estipulados pela equipe de transição do governo do presidente diplomado do PSL, Jair Bolsonaro.

Os aeroportos, que fazem parte do chamado Bloco Norte, no total de 06, dos quais estão os de Santarém, Maraba e Altamira, serão os últimos a serem leiloados, quando deixarão de ser administrados pela INFRAERO. A empresa será extinta no fim de todo esse processo.

O novo governo pretende “revolucionar” o mercado, revelou o futuro secretário da Aviação Civil, Ronei Glanzmann. Está possibilidade se deve em razão  da aprovação, no último dia 13, pelo presidente Michel Temer, da medida provisória que permite a entrega dos aeroportos brasileiros à iniciativa privada, assim como a permissão para que empresas aéreas brasileiras tenham 100% do capital estrangeiro.

Serão 06 blocos de leilões dos aeroportos, sendo que alguns aeroportos serão oferecidos aos estados, caso desejem assumi-los para conceder ou administrar. Caso não exista interesse, eles continuarão nos blocos.

 

Por NoBarizinho com informação do Blog do Jeso

Foto: ilustrativa retirada do google.com

 

 

 

 

Comentário