O CLÃ!

piramide-feudal-1-728

Desde os tempos mais remotos a sociedade foi estratificada em camadas sociais, onde uns poucos estariam no topo, uma quantidade maior no centro e a maioria na base da pirâmide. No sistema feudal isso ficou bem nítido. O Rei era a ponta da pirâmide, tendo uns poucos pertencentes ao Clero e os Senhores Feudais, que eram bajulados e sustentados por impostos pesados pagos pelos camponeses/servos – a ralé da pirâmide.

idade média

Atualmente as estratificações sociais ainda ocorrem, talvez com nomes diferentes – mas acontecem. Em alguns municípios, por exemplo, temos o grande CLÃ ou o Grande Clero. São as pessoas que dominam e influenciam essas cidades. Vive-se nestes municípios uma confusão de épocas passadas. Em dados momentos o povo parece estar no Feudalismo e; em outros momentos, no Coronelismo. Uma hora os servos alimentam o Clero; em outros instantes, com voto de cabresto, o povo sustenta os coronéis e suas vidas caras.

Desta feita, o exposto ao norte, somente demonstra o atraso cultural que estas cidades vivem. Elas Precisam ser conectadas aos tempos atuais, deixando Reis, Senhores dos Feudos, Coronéis no seu devido lugar: livros de história. Talvez estes municípios  precisem de uma revolução francesa, onde liberdade, igualdade e fraternidade deixem de ser palavras, para se tornarem perspectivas.

Portanto, NoBarzinho, deseja que em 2015 as mentes dos cidadãos destes municípios comecem a iluminar-se, tornando-as livres para refletir e, que o CLÃ desça de seu pedestal de luxúria para igualmente, junto com o povo, tornarem estas cidades mais fraternas. Não existem transformações sociais sem a participação da base da pirâmide, os vassalos, a plebe, os servos, o povão são a maioria e, a história já provou que essa maioria pode estremecer o sistema ou até derrubá-lo.

Texto: MF

Imagens: Google.com.br

 

 

Comentário