SANTARÉM: postos de saúde podem ficar sem medicos

Com saída de cubanos, 14 postos de saúde em Santarém podem ficar sem médico

Profissionais começam a deixar o Brasil em 25 de novembro; Prefeitura diz que pacientes serão remanejados.

Com a saída dos cubanos do programa Mais Médicos, 14 postos de saúde de Santarém, no oeste do Pará, podem ficar sem médico a partir do fim do mês, o que pode prejudicar o atendimento a milhares de pacientes na rede pública.

Segundo o Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems), os profissionais começam a deixar o Brasil em 25 de novembro. Ainda segundo o Conselho, cerca de 600 municípios podem ficam sem nenhum médico.

A Secretaria de Saúde de Santarém (Semsa) declarou esta semana que os pacientes atendidos pelos cubanos serão remanejados para postos de saúde mais próximos. A medida do governo é para garantir atendimento a todos os usuários do SUS.

Matéria: G1 Tapajós

Comentário