BRASIL: Temer deixa governo sem reajustar salário mínimo

Reajuste do salário mínimo ficou para o presidente Jair Bolsonaro

O ex-presidente Michel Temer, que sancionou o reajuste dos Ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) em 16.38%, deixou para o Presidente Jair Bolsonaro o reajuste do salário mínimo, que deveria passar de R $ 954,00 reais para R$ 1.006,00 reais.

Assim, o salário mínimo em 2019 permanecerá em R$ 954 até que o presidente Jair Bolsonaro publique um decreto para reajustar o piso das remunerações. 

Existia uma previsão anterior de que o salário mínimo ficaria em R$ 1.006, segundo estimativa divulgada no Projeto de Lei Orçamentária Anual (Ploa) de 2019.

 O presidente eleito, Jair Bolsonaro, tem até 15 de abril para decidir se mantém a regra ou se muda.

O tema é espinhoso porque afeta diretamente as contas públicas, já que R$ 1 de aumento causa impacto de cerca de R$ 300 milhões nas despesas da União, segundo cálculos da equipe econômica.

Com informações do portal UOL.

Foto ilustrativa google.com

Comentário