PLACAS: servidores da educação mantém greve

Carreata pelas ruas de Placas

Aprovação de projeto, pela Câmara Municipal de Placas, de autoria do Poder Executivo Municipal, é motivo de protesto por servidores municipais e comunidade placaense.

Na data de ontem (26) a Câmara Municipal de Placas, por 10 votos a 01 aprova Projeto de Lei (PL 246/2017) de autoria do Poder Executivo Municipal, que retira direitos dos servidores da educação.

O SINTEPP – Placas manteve uma rodada de negociações com os vereadores para que tal lei fosse analisada, de forma a se entrar em um acordo entre sindicato e municipalidade. Referida negociação não foi possível, pois conforme relatado em Nota pela Comissão Especial de Negociação (SINTEPP – PLACAS), a Prefeita Raquel Brandão se “manteve irredutibilidade permanecendo em tramitação o projeto 246/2017 que fere de morte a carreira de todos os trabalhadores da educação”.

Após a derrota na Câmara Municipal de Placas, os servidores da educação fizeram uma reunião na sede do SINTEPP e decidiram continuar com a greve geral.

Hoje (27) pela manhã, ocorreu uma carreata pelas ruas da cidade em protesto contra a aprovação do projeto de lei. O ato contou com apoio de professores, pais, comerciantes e comunidade em geral.

vereadores que votaram a favor da PL são representados por bonecos em protesto

Comentário